Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

domingo, 23 de dezembro de 2007

Editors e Yo La Tengo no Festival Indie Rock 2008!

É uma grande alegria abrir o Segundo Caderno d'O Globo, nessa manhã fria abafada e cinza, e deparar com a excelente notícia da vinda de Editors e Yo La Tengo para o Indie Rock Festival, em maio de 2008, o único festival que aconteceu no Rio de Janeiro em 2007 que achei que valia a pena realmente ir, com preços "justos", boa escalação e no lugar mais legal pra shows, o Circo Voador. É bem verdade que por ser num dia de semana, ter começado um pouco tarde demais (apesar de sem grandes atrasos no horário anunciado), as bandas internacionais escaladas serem grandes desconhecidos do público (Magic Numbers e Rakes) e ter havido pouca divulgação, diferente dos festivais patrocinados por portais de internet, marcas de cerveja e companhias de telefonia celular, os shows não foram exatamente um sucesso de público. Mas tanto melhor pra mim, que pude curtir num mesmo dia, sem maiores atropelos, um show mais cadenciado da Nação Zumbi, a conhecida catarse dos Móveis Coloniais de Acaju e o disco-punk dos ingleses The Rakes que terminaram o festival com invasões de palco e mosh. Mais uma vez os produtores investem em nomes bem pouco conhecidos, vamos ver qual vai ser o resultado, mas eu não tenho do que reclamar.


Yo La Tengo talvez seja a banda mais perfeita pra um festival com o nome de Indie Rock. Se alguma banda pode ser chamada de Indie Rock, são eles. Transitando, em mais de 20 anos de carreira, entre melodias pop suaves, folk, lo-fi, guitarras extremamente barulhentas e o amor pelo Velvet Underground, a banda, que é do selo Matador Records, tem muitas canções pra mostrar, em especial as de seu último disco I Am Not Afraid of You and I Will Beat Your Ass.


The Editors seria mais uma banda a emular o som do Joy Division, influenciando principalmente os vocais graves e soturnos de Tom Smith, mas em dois discos já provaram que são bem mais que isso, com uma pegada disco-punk bem mais veloz e direta que seus contemporâneos do Interpol, que tocam no Brasil em março.


Este não é um blog de download de discos (pelo menos não é essencialmente isso), mas indicamos dois caminhos pra conhecer melhor o trabalho do Editors e Yo La Tengo:

Aqui, os discos do Editors

E aqui, alguns do Yo La Tengo



Ah sim, Klaxons também vai tocar. Que bom.... pra quem gosta, né?

-----------------------------------------------

PS.: Talvez seja estranho achar "justo" um preço de 100 reais, a inteira, de um show. Mas considerando que pude ver duas das melhores bandas do Brasil, mais uma banda inglesa que fez um dos melhores discos de 2007 (Ten New Messages), e ainda mais, considerando que meses depois The Police custou 190 reais, Tim Festival custou, nas bandas mais interessantes, 180 reais e LCD Soundsystem custou absurdos 200 reais (!!!!!) pode-se ver que em julho de 2007 nós éramos felizes e não sabíamos.

3 comentários:

Túlio disse...

Caramba esse ano vai ser foda... e ainda vai ter o Mombojó!
Parabens pro pessoal do festival, acho que esse ano vai encher.
The Rakes é desconhecido no meio?

Otaner disse...

Depende do que você quer dizer por "meio", Tulis. ;)

Dine disse...

Yo La Tengo! =D

tomara que não inflacionem os ingressos ano que vem.