Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sábado, 26 de setembro de 2009

Esses cantores muito loucos

Deve ser algum complô ou alguma conspiração ou alguma estratégia de marketing por trás dos acontecimentos do último mês e pouco com cantores, alguns bons, outros nem tanto, mas que compartilhavam um certo distanciamento da grande mídia nos últimos tempos.


Vamos lá.



Primeiro o Belchior "some". A notícia deixa de ser uma curiosidade em um site e ganha a tv através do Fantástico que praticamente caça de forma dramática o bigodudo autor de "A Palo Seco", "Como Nossos Pais" e outras ótimas músicas que ultimamente estava meio sumido (não só literalmente) da mídia. O resultado da caçada está aqui.

(Estou vendo a reportagem agora. Até "pessoa não-identificada" usaram para localizar o cara. E artistas pedindo para ele voltar (?). Cruzes.)





Depois temos Vanusa. A cantora executou uma intepretação do hino nacional brasileiro na Assembléia Legislativa de São Paulo em março deste ano e caiu na rede no final de agosto. "Executou" e quase matou, se não o hino, pelo menos os presentes no recinto de vergonha alheia. Tudo ia mais ou menos bem até que aos 02:30 do vídeo tudo começa a destrambelhar de um jeito, hum, risonho.


Se você ainda não assistiu, assista o vídeo aqui. A explicação foi que ela estaria sob efeito de remédios para labirintite e não há porquê duvidar disso. Mas o jeito de quem tinha acabado de tomar um porre gerou e ainda gera muitas brincadeiras sobre o episódio. Gerou também mais de um milhão de visualizações do vídeo.





Belchior, Vanusa... Quando tudo já estava insólito demais, eis que surge Biafra (ou Byafra? importa?). Veja o vídeo. O cantor estava fazendo uma gravação onde cantava sua música "Sonho de Ícaro", que fala sobre "voar, voar". A paisagem era bela e o vento estava forte. De repente, poucos segundos após o "voar, voar", um parapente desgovernado o atinge em cheio. Mais de 200.000 visualizações no youtube.





Quase ao mesmo tempo, aparece vídeo de uma reportagem do Sportv às vésperas de jogo entre Brasil e Chile na Bahia pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Após um minuto de vídeo o repórter se dirige ao policial militar que se encontrava nas imediações do estádio. O policial é revelado em instantes como o vocalista da Cia do Pagode.


Ele tem nome, mas é mais fácil chamá-lo de O da "Boquinha da Garrafa". Você conseguiria imaginar que um vocalista de banda de pagode-axé iria se transformar em policial militar? Sério, sem preconceitos, não é o destino que a gente vislumbra para cantor nenhum que tenha feito sucesso, ainda mais com músicas de duplo, triplo sentido.




Poderíamos parar nesse quarteto fantástico, mas o grupo precisa de um mascote. Com vocês, Felipe Dylon:

Lembrava dele?
Outras fotos aqui. E as declarações dele? "Eu gosto do estilo de vida rasta e há muito tempo queria fazer isso. Eles não bebem álcool, por exemplo, e isso é legal. É um pacote, não dá para mudar só por fora". Vamos esperar que alguém convide o sujeito para cantar o hino nacional. E que o policial do Cia do Pagode dê o "flagrante" em cima do garoto.


E ainda se perguntam porque o Belchior sumiu...

Nenhum comentário: