Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sábado, 7 de novembro de 2009

Nação Zumbi no Circo Voador - 06/11/09

Nação Zumbi - 06/11/09


Ruídos, barulhos, distorção de guitarra no talo e Lúcio Maia indo embora do palco. Ali embaixo devia fazer uns 70 graus, os corpos quando encostavam um nos outros praticamente deslizavam tamanho era o suor, camisas empapadas, testas encharcadas e ouvidos castigados. Não tem como ser de outro jeito a Nação Zumbi no Circo Voador.



Nação Zumbi - 06/11/09



Do lado de fora, antes do show começar, a fila imensa demonstra que o Circo já não comporta mais uma banda como a Nação. Ao mesmo tempo, não havia lugar melhor para finalmente acontecer o show em comemoração aos 15 anos do disco de estréia da banda, Da Lama Ao Caos. Nessas apresentações especiais o disco é apresentado na íntegra e assim foi no Circo Voador. Pelo que consigo lembrar não foi na ordem certa do disco e no final acrescentaram algumas músicas de outros discos ("Manguetown", "Cidadão do Mundo"...).



Nação Zumbi - 06/11/09



Participações de Fred 04 (Mundo Livre S/A) em várias músicas, de Pitty em "Da Lama Ao Caos" "Quando A Maré Encher" (valeu, Elô!), de Seu Jorge em "Manguetown". Tocando o Da Lama Ao Caos ou o Afrociberdelia ou qualquer disco, Nação Zumbi pode tocar o que quiser que o resultado é explosivo. "Rio 40 graus, quem não aguenta passa mal", dizia Lúcio Maia. Foi difícil aguentar, mas ali mesmo naquela confusão de dor, suor e cansaço estava a resposta.



Nação Zumbi - 06/11/09

5 comentários:

esolyszko disse...

Ops! Que em me lembre a pequena baiana apareceu pra cantar "qdo a maré encher..." Mas no meio de tanto suor e cerveja as idéias ficam distorcidas tbm...

Túlio disse...

Mais um show na conta do Vestibular...

ZARREF disse...

lucio maia's flying v!!

Otaner disse...

Obrigado, Elô, pela correção. Um dia ainda escreverei sobre os lapsos de memórias sofridos em shows da Nação Zumbi, deve ter alguma explicação dentro da ficção científica pra isso...

Matheus Pinheiro disse...

Show foda.