Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Com ou sem Festival Santa Música, não deixe de estar em Santa Teresa no domingo

O Festival Santa Música, que iria acontecer no dia 19 de junho, foi cancelado por decisão judicial e acatado pelos organizadores do evento.


Ao que tudo indica, houve uma insatisfação por parte da associação de moradores do bairro, a AMAST, e na página deles é possível ver que a diretoria da associação, ou parte dela, não queria que o festival acontesse sobre hipótese nenhuma. Estranho pois nesta postagem não havia o tom de beligerância que dias depois se seguiu.


No blog do Festival, ainda no ar, é possível encontrar outras informações sobre essa pendenga, principalmente aqui, aqui e aqui, entre outras postagens.


Para quem está interessado no assunto também é importante entrar no link com o processo que foi instaurado pedindo o cancelamento do Santa Música. Porque eu teria mais algumas considerações a falar sobre o assunto, onde acho que cada um acertou e errou nessa história, mas algo muito importante precisa ser chamado a atenção: a data que o Ministério Público entrou com a Ação Civil. Dia 15 de junho, QUATRO DIAS ANTES DO FESTIVAL ACONTECER.


Um direito de qualquer um que se sente lesado em seu direito entrar quando achar mais oportuno, mas a questão é essa aí mesmo: oportunismo. Entrando com uma ação a poucos dias do festival acontecer dificulta ou inviabiliza uma defesa apropriada sobre algo que já era sabido que ia acontecer há mais de um mês, inclusive com nota em jornal, conforme pode ser visto aqui. E mais acima já foi mostrado que desde o dia 27 a Amast já tinha ciência formal sobre o Santa Música.



De qualquer modo, vá a Santa Teresa no domingo! O bairro é lindo, histórico e embora o festival provavelmente não aconteça como planejado, algumas casas e estabelecimentos devem manter a programação musical, como dá para ver nessa notícia. Mesmo que silenciem toda música, a vista vale a pena, o bairro não é um condomínio fechado (alô, Higienópolis!) e ainda somos livres.

3 comentários:

Anônimo disse...

pessimo, esta materia foi marcada como spam e nao consigo publicar no facebook. censura total

Otaner disse...

é, também não consegui! será que o ativismo virtual da galera contra o festival tá nesse nível?

Daniel Martins disse...

otaner, te amooooo
rs