Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Vídeos: Domenico no Oi Futuro Ipanema (26/01/2014)





Era uma vez um trio cujos integrantes se revezavam na "liderança" e no nome estampado em seus discos e influenciaram muita gente na década passada. Chegou a nova década e grupo se desfez, cada um lançou pelo menos um disco solo (muito embora um deles fez na verdade um solo ao vivo no Japão e pro Japão) e leitores do La Cumbuca não têm dificuldades em notar que estou falando do +2 de Moreno, Domenico e Kassin.




O +2 se desfez sem se desfazer. A cozinha (baixo+bateria, Alberto Continentino+Stephane San Juan) que tocou com Domenico no Oi Futuro Ipanema, dentro do projeto Veraneio, é a mesma que costuma se apresentar com o Kassin e, assim como o guitarrista Pedro Sá, também parte da banda desta noite, já orbitavam em torno do +2.




Quando lançou-se solo com o álbum Cine Privê, Domenico fez um disco com elementos rítmicos, ideias e propostas musicais que não se distanciavam daquilo que o +2 buscava de diferentes formas, dependendo de quais deles estivesse no comando na época. Mas algo me incomodava com esse disco. Provavelmente eu sentia falta dos arroubos e mudanças repentinas de humores no Sincerely Hot, do Domenico+2. Sei que o disco não bateu tão bem por aqui.




São as canções do Cine Privê que abrem o show e na "segunda parte", aparecem as músicas do Sincerely Hot. A exceção é no meio do caminho de "Você Reclama", música que o +2 gravou no único disco que não tem o nome de nenhum dos três na capa, Ímã, para espetáculo do Grupo Corpo. Uma bela surpresa, que ainda conta com o bom humor de Domenico matando a "mosca-teclado".



E é esse jeito bem humorado que talvez faça com que as músicas do Cine Privê soem melhores ao vivo. Ou talvez os arranjos ganhem um peso maior, mesmo que não percam aquela calmaria presente no disco. Mas uma verdade é que elas funcionam como uma boa introdução para a "segunda parte" do show, que sem dúvida é a melhor.



Boa parte do Sincelery Hot é tocada ao vivo, umas oito pelo menos, desde inesperadas, como a faixa-título e "Felizes Ficaremos na Estrada", até inescapáveis como "Te Convidei Pro Samba" e "Você e Eu".



E ainda teve Ana Cláudia Lomelino, vocalista do Tono, fazendo a voz feminina em "Comigo", com direito ao filho grudado na perna dela. Não era o único pimpolho no teatro. Várias crianças presentes ficaram especialmente agitadas na hora do final retumbante com "Alegria Vai Lá". Elas sabem das coisas melhor que nós, sem coragem de nos levantar das cadeiras para dançar.



5 músicas em 4 vídeos tremidos ("mas porque tão tremidos?", ah, as acrobacias que às vezes temos que fazer para gravar...), que vocês podem ver aqui ou abaixo.




Lista de músicas:

- Receita

- Te Convidei Pro Samba

- Você e Eu

- Comigo

- Alegria Vai Lá

Nenhum comentário: