Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Top Top: 13 Discos Internacionais de 2013, por Otaner







Discos Internacionais - 25 a 21
Discos Internacionais - 20 a 14



A lista de melhores discos internacionais acaba falando muito mais sobre o pequeno e limitado universo musical de seu "listador" do que sobre os melhores discos feitos no mundo. Não que seja muito diferente no que diz respeito às listas de discos nacionais, mas o mundo é vasto. E a produção musical no mundo é difícil de mensurar, ainda mais que a cada ano é mais fácil para um artista fazer um disco, pelo menos em relação a equipamentos e tecnologias de gravação.




De minha parte, tento me manter um pouco mais aberto para além das listas de fim de ano das publicações musicais inglesas e americanas. Muitos discos legais podem ser encontrados nessas listas por aí (John Grant, Bill Callahan e Julia Holter são nomes que consigo lembrar), embora não tenham alterado minha lista.




Vocês também poderão notar a ausência de discos como os do Queens of the Stone Age, Daft Punk ou Vampire Weekend. Embora eles tenham algumas ótimas músicas, em especial no caso do Daft Punk, um disco, para mim, é algo que tem que ser bom, ou manter uma regularidade, do começo ao fim. Esses álbuns poderiam estar na lista, mas outros 25 se saíram melhor como uma obra fechada composta por diversas faixas de música.




Mas acho que não ouvi hip-hop o bastante, e o que ouvi foi do interessante (Death Grips, porém não tão bom quanto No Love Deep Web do ano passado) ao ruim (Kanye West), nada de extraordinário. Mas há por aí um monte de discos de integrantes do Odd Future para serem escutados.




Ouvi um pouco mais de pop rock feito na América do Sul do que em anos anteriores (ano passado o Marcus Losanoff contribuiu com sua lista de melhores latinos de 2012), e pelo menos um álbum chamou minha atenção e está na décima posição. Dois dos poucos álbuns de música africana que ouvi também estão no Top 13, na oitava e sexta posições. É importante ressaltar que esses discos latinos e africanos não estão aí para cumprir uma espécie de "cota". São os discos, assim como os outros, que eu mais gostei, mais ouvi e considerei os melhores.



É por não fazer a lista pensando em colocar pelo menos um disco de cada gênero, ritmo ou o que seja no mundo, que noto uma ausência de vozes femininas. Bem diferente do ano passado, quando Patti Smith ficou com o segundo lugar.




De qualquer forma, há pelo menos uma música no disco internacional de 2013 que considero o melhor que tem uma voz feminina, de forma surpreendente, como é o disco todo. Um grupo para o qual nunca dei a devida atenção, mas se fizeram notar com o lançamento deste ano. Um grupo holandês de punk rock acrescido de uma seção de sopros e que traz sonoridades de jazz, hardcore, pós punk, melodias orientais e batidas africanas, e às vezes tudo isso numa mesma música.




Coloquei como opção de audição, na maioria dos casos, links para o Grooveshark, mas é possível encontrar a maioria desses discos no Deezer e Rdio. Afinal, não adianta só dizer que um disco é bom e não mostrar um caminho para ouvi-lo. Os leitores do La Cumbuca são inteligentes e provavelmente saberiam encontrar outra forma para ouvir os disco mas é cada vez mais difícil encontrar opções offline para guardar no HD. Eu uso e recomendo o Soulseek.




Esses são os Top 13 (não resisto, mas juro que em 2014 não farei um Top 14... eu acho) discos internacionais de 2013.





13
Eels - Wonderful, Glorious






12
Paul McCartney - New






11
Chelsea Light Moving - Chelsea Light Moving






10
Babasonicos - Romantisismico






9
Lee Ranaldo and The Dust - Last Night On Earth






8
Jupiter & Okwess International - Hotel Univers






7
Elvis Costello And The RootsWise Up Ghost And Other Songs






6
Femi Kuti - No Place for My Dream






5
Future Of The Left - How To Stop Your Brain In An Accident






4
My Bloody Valentine - m b v






3
Tricky - False Idols






2
Atoms For Peace - Amok






1
The Ex & Brass Unbound - Enormous Door

Nenhum comentário: