Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Vídeos e Fotos: Wander Wildner no Circo Voador (25/06/16)




Um Show do Caralho




Escalar Wander Wildner para abrir o show do Ira! foi um grande acerto do Circo Voador.




Integrante do grupo Os Replicantes, o músico completa 20 anos de carreira solo (Baladas Sangrentas saiu em 1996), o ícone do rock gaúcho acabou de lançar um álbum, WanClub, financiado através do sistema de crowdfunding, com regravações de seus clássicos.  Aliás, já deve ser o segundo ou terceiro cd com nesse estilo mas... who cares?




Shows do Wander são cada vez mais raros, infelizmente, por aqui.  Os mais recentes, se a memória não estiver falhando, foram: Em 2014 na Baratos da Ribeiro, em 2013 no Teatro Ipanema e em 2011 dividindo o palco com o Canastra e Nervoso no Espaço Vintage (veja aqui, aqui e aqui).




Os Comancheros, grupo que acompanha Wander, desta vez, foi formado por Jimi Joe, outro ídolo dos pampas, na guitarra, e pelo ótimo trio instrumental Beach Combers que você, sem dúvida, já deve ter esbarrado em algum canto da cidade (aqui você pode vê-los no Circo Voador, abrindo para o Camisa de Vênus e na rua que é onde se sentem em casa).




Falando no Jimi Joe, como foi bom vê-lo ali, firme e forte, totalmente recuperado dos problemas de saúde que enfrentou recentemente.  A carreira musical de Jimi se confunde com a do próprio rock dos pampas, desde que integrou o lendário Atahualpa Y Us Panquis no começo dos anos 80.




No hino Um Lugar do Caralho, em versão surf music, Wander homenageia o Circo Voador ("Que lugar mais do caralho neste país de merda!"), agradece ao Asdrúbal Trouxe o Trombone que começou tudo lá atrás na Praia do Arpoador e ainda cita Júpiter Maçã.




Foi um dos shows de abertura mais legais que vi recentemente.  Daqueles que você, momentaneamente, até esquece que ainda tem outra banda depois.  Wander destilando todo os seus petardos que lhe renderam o título de rei do punk brega, daquele jeito escrachado que virou sua marca registrada e com aquela dancinha tão peculiar.  O músico ainda se juntaria ao Ira!, no final da noite, para cantar Bebendo Vinho.




Foram 13 músicas e registrei 8 que você pode ver aí embaixo.






Ou se preferir, clique aqui.


Lista de Músicas:


- Um Bom Motivo


- Mantra das Possibilidades


- Amigo Punk


- Eu Queria Morar em Beverly Hills


- Surfista Calhorda


- Eu Tenho Uma Camiseta Escrita Eu Te Amo


- Um Lugar do Caralho


- Festa Punk (encerramento do show)


Nenhum comentário: