Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 29 de maio de 2013

8 vídeos de Wander Wildner no Teatro Ipanema (04/05/13)



Quando o show de Gabriel Muzak estava acabando no Bikini Festival, o público já era um pouco maior. E quando Wander Wildner entrou sozinho, acompanhado de sua guitarra, a situação já estava bem melhor, embora não estivesse lotado.



Quem estava lá viu Wander defendendo com propriedade a sua persona de punk bardo latino e brega com jeito de bebum, um trovador que assume ares decadentes para falar sobre as desilusões e alegrias do amor e da vida. A sequência solitária inicial traz músicas como "Blues da Passagem" (de Péricles Cavalcanti) e "Ganas de Vivir" (do filme El Mariachi).



A sequência só é quebrada pela participação canhestra de um cantor aqui do Rio que resolve assassinar "Eu queria Morar Em Beverly Hills", além de ter dito que a banda Paulo Francis Vai Pro Céu (que gravou originalmente a música) é da Bahia, ao que foi corrigido prontamente pela audiência: eles são de Pernambuco.






Logo após, entra a banda carioca preparada especialmente para a ocasião. Kassin na guitarra (na maior parte do tempo sentado com uma guitarra slide), Melvin no baixo e Nervoso de volta ao seu instrumento onde ficou mais conhecido durante os anos 90, a bateria. Sem cansar a leitura, esse trio tem um currículo extenso em dezenas de outras bandas, incluindo aí o Acabou La Tequila.






Não que seja necessária uma super banda para acompanhar os acordes cheios e distorcidos da guitarra de Wander Wildner. É mais interessante notar que essas pessoas, com tantos outros projetos, se disponham a se juntar e acompanhar o trovador gaúcho que com o passar dos anos foi coletando uma quantidade de canções que fazem do seu show um desfile avassalador de "hits": "Mantra das Possibilidades", "Mares de Cerveja", "Eu Não Consigo Ser Alegre o Tempo Inteiro", "Eu Tenho uma Camiseta Escrita Eu Te Amo", "Bebendo Vinho", "Um Lugar do Caralho"... Ufa. E ainda teve espaço para "Joey" música do Carbona, banda do baixista Melvin, em homenagem ao eterno vocalista dos Ramones.






Muito interessante ter a volta do Teatro Ipanema como opção para shows, apesar do, infelizmente, costumeiro atraso em relação à hora marcada para o início. E naquela noite ainda teríamos Paralamas do Sucesso na Fundição Progresso...




8 vídeos do show:





Ou clique aqui.



Lista de músicas gravadas:

- Blues da Passagem

- Ganas de Vivir

- Eu Queria Morar Em Beverly Hills

- Mares de Cerveja

- Mantra Das Possibilidades

- La Canción Inesperada

- Bebendo Vinho

- Eu Tenho Uma Camiseta Escrita Eu Te Amo

Nenhum comentário: