Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Assista 10 músicas de Stephen Makmus and The Jicks no Circo Voador (26/04/13)



Tietes e groupies à parte, a rotina de uma banda gringa se apresentando pela cidade, no que nos diz respeito, consiste em vê-los entrando no palco e uma hora e meia depois se despedindo. Com Stephen Malkmus, a coisa é um pouco diferente.




A turnê do ex?-líder do Pavement pelo Brasil com seus The Jicks, que teve início no palco do Circo Voador, começou um dia antes. Foi na realização de uma noite de autógrafos na loja de livros & discos Baratos da Ribeiro, do Maurício Gouveia, o nosso Rob Gordon, que enquanto recebia os convidados e os fãs, colocava o som na casa, que despertou a curiosidade dos músicos.




Enquanto os Jicks (a saber: Joanna Bolme no baixo, Mike Clark nos teclados e guitarra, e Jake Morris na bateria) se divertiam e se admiravam com o slap no baixo de "Nós Vamos Invadir Sua Praia", do Ultraje a Rigor, Stephen Malkmus atendia com paciência as dezenas de adoradores de sua antiga banda e uma boa parte também apreciadora de seu projeto posterior.




Tomando uma cerveja enquanto assinava capas de cds e cartazes da data de apresentação no Circo, ou conversando do lado de fora no bar ao lado da Baratos, o cantor demonstrou bastante simpatia, mesmo quando o cansaço parecia evidente. Pose de estrela do rock? Nenhuma.




E foi assim no dia seguinte, durante a abertura da boa The John Candy, que Stephen entrou com uma camisa da Pug Records e cantou uma música do Pavement com a banda carioca. Uma música do clássico Slanted and Enchanted. A aparição do cantor e os primeiros segundos de "Summer Babe" são a senha para que o público, meio disperso pelas dependências do lugar, se aglomerasse em frente ao palco e mostrasse que aquela seria uma noite de casa razoavelmente cheia.




"Summer Babe"



(cabe um parênteses sobre o The John Candy, uma banda que fez um bom trabalho de abertura, e que nos faz lembrar das bandas que formavam uma cena musical interessante na cidade sob o guarda-chuva da Midsummer Madness, de Rodrigo Lariú)




Continuando sua pose de anti-rock-star, Stephen Malkmus se posiciona à nossa esquerda em vez de tomar para si o centro da ribalta e toca um repertório que prioriza as músicas do último disco, Mirror Traffic, além de canções ainda não gravadas que devem estar no próximo lançamento da banda, e que, mesmo com o desconhecimento da plateia, não chegaram a esfriar o espetáculo.




"Asking Price" / "Stick Figures in Love" / "Forever 28"



Uma pena que tenham sido poucas as músicas do disco anterior, Real Emotional Trash, um pouco mais viajante do que o Mirror Traffic e com longas jams (algumas faixas passam dos 6 minutos naquele álbum). Mas a música-título e "Out of Reaches" representaram bem essa faceta de Stephen Malkmus and the Jicks e a clara evolução que esses dois últimos trabalhos tiveram em relação à carreira pós-Pavement de Malkmus.




"Real Emotional Trash"



Assim como evoluíram muito as músicas de Mirrot Traffic ao vivo, comparado com as gravações no álbum produzido pelo Beck. Frutos colhidos de uma banda bem entrosada, que resulta nesse rock que pesca influências dos anos 70 e 90 (bom, o Stephen Malkmus é ele próprio uma das grande influências do rock nos anos 90). E, sem depender muito das músicas de sua antiga banda, consegue aumentar o grau de euforia dos fãs com duas músicas que são quase-hits: "Senator" e "Dark Wave", esta do disco Pig Lib.




"Spazz" / "Senator"



Mas é claro que a expectativa por pelo menos uma música do Pavement era grande, e fomos saciados com "In The Mouth a Desert". Que de certa forma mostra que as outras canções todas que ouvimos antes do bis formam uma continuação daquilo que Stephen Malkmus já fazia lá no começo, sem deixar de considerar sempre novos detalhes e sem deixar de dar sempre aquela entortada no que parece certo demais. Só o suficiente para quebrar a expectativa, como um bom anti-rock-star deve fazer.




"In The Mouth a Desert"



E que melhor exemplo dessa quebra-de-expectativa-que-não-decepciona que o encerramento com "Wild Thing", música conhecida nos anos 60 através do The Troggs?




"Wild Thing"



Todas as músicas que gravei (metade do show de SM e os Jicks, mais duas do The John Candy) na playlist abaixo:



Ou clique aqui.

Nenhum comentário: