Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Vídeos: MIMO Festival - Manel Cruz, Vieux Farka Touré, Língua Franca (Capicua & Emicida & Rael) na Marina da Glória (11/11/17)







MIMO Festival 2017: Segundo Dia






Chuva, muita chuva.  Foi assim o dia todo.  Choveu tanto que a programação do segundo dia do MIMO Festival começou com quase duas horas de atraso porque São Pedro não dava trégua.  Chuva, lama, lugar aberto, atraso... consequentemente, o público demorou a chegar até ao novo espaço que o festival escolheu para sua terceira edição aqui na cidade.




Se antes, o Parque Lage e a Praça Paris mostraram-se pequenos diante da multidão (sedenta por um bom show grátis) que prestigiou o festival, na imensa Marina da Glória não tivemos o problema da lotação.  Mudando de lugar pela terceira vez, a versão carioca do festival já se caracteriza pela itinerância.




Dificuldades como retirada virtual de ingressos ou atravessar as temíveis passarelas do Aterro durante a noite (eventos no local sempre demandam uma logística focada na insegurança pública dos arredores) foram os únicos problemas relatados que esta metade da Cumbuca ouviu durante o MIMO.




Quanto ao line-up, mais uma vez, a curadoria responsável merece todos os elogios (veja aqui as atrações deste ano) por conseguir manter o mesmo bom nível de sempre.




Não vi o primeiro (Relógio de Dalí) nem o último show (Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra) da noite mas mesmo molhado e enlameado, pude aproveitar bastante.




Dito isso, vamos aos vídeos.


Manel Cruz (Portugal)

Eu esperava algo um pouco mais agitado da lenda do rock português.  Talvez pela forte chuva que caiu no meio do show, pela apatia do público, pelo tom desanimador do show ou por tudo isso junto, fiquei com a sensação de que seria um ótimo show para lugar pequeno (e coberto, de preferência).

Vejam 2 músicas que gravei:




Vieux Farka Touré (Mali)





Esqueça o clima introspectivo do show anterior.  Vieux, notório guitarrista africano, ajudou a esquentar a noite com um mix de blues, jazz, r&b e rock soltando envenenados riffs sempre com muita leveza e agilidade.

No player aí embaixo, 5 músicas:




Ou clique aqui.


Lista de Músicas:

- Samba Si Kairi / ?
- ?
- Homafu Wawa / I Shot The Sheriff


Língua Franca: Capicua & Emicida & Rael (Portugal / Brasil)





O projeto luso-brasileiro era, para mim, a atração mais aguardada da noite.  Contando com a rapper Capicua e os locais Emicida e Rael (Valete, o outro integrante do grupo, não participa dos shows, e, de certa forma, foi substituído por Coruja BC1), o super grupo Língua Franca fez o seu primeiro show em terra brasilis e saiu-se muito bem.  Levando-se em consideração que reuniões de grandes talentos costumam ser meio caóticas, os três músicos demonstraram bastante harmonia no palco.

Gravei 14 músicas que você pode ver nos 10 vídeos aí embaixo:




Clique aqui, se preferir.


Lista de Músicas:

- Gênios Invisíveis / Ela / Rua Augusta (abertura do show)

- Ideal

- Casa no Campo

- Caminho / Emoriô

- O Hip Hop é Foda

- Mandume

- Jugular / (A)Tensão!

- Medo do Medo

- A Chapa é Quente

- Minha Lei


Nenhum comentário: