Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Passado: HPP 2009 - 05

Comadre Fulozinha - 13/12/08



COMADRE FULOZINHA



A idéia é a mais simples possível: percussão e vozes femininas. Um sax aqui, um cavaquinho ali, um violão acolá. Mas simplicidade não é nem de longe a melhor definição para a Comadre Fulozinha, nome inspirado em uma lenda do nordeste.



Maracatu, baião, ciranda, coco, a brincadeira do cavalo-marinho, ritmos regionais de Pernambuco são a estrutura das músicas. Na verdade, apesar de não haver uma guitarra, baixo, nem um barulhinho eletrônico, elas batem nos tambores com uma pegada rock. Mas rock pra dançar, pra mexer quadris.



Karina Buhr, principal cantora e líder do grupo, que desde quando foi criado em 1997 já teve diferentes formações, explica como começou a banda: "Eu comecei em 1994, tocando nos Maracatus Piaba de Ouro e Estrela Brilhante e em cavalo-marinho, lá no interior. E aí depois veio o Eddie (banda primordial de Recife) e aí lá pras tantas no Eddie me deu vontade de fazer uma outra história e aí veio a idéia de fazer a Comadre".



E a escolha dos ritmos e instrumentos para o Comadre Fulozinha, será que são frutos de alguma pesquisa musical, como surgiu esse interesse? "De tocar nos lugares, maracatu, cavalo-marinho, ia pra brincar, pra farrear e aí tudo que aprendi nesses lugares foi assim. Foi tudo muito naturalmente, não foi pra fazer uma banda nem um trabalho de pesquisa."



Além de Karina, estão hoje na Comadre Fulozinha cantando e batucando os diversos instrumentos de percussão: Mairah Rocha, Flávia Maia, Letícia Coura (cavaquinho e violão) e Marcelo Monteiro (sax e flauta) e mostram no HPP músicas dos seu segundo cd, Tocar na Banda, além de uma prévia do próximo álbum, a ser lançado no carnaval de 2009. Difícil vai ser conseguir ficar sentado quando elas começarem a tocar.

Nenhum comentário: