Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

segunda-feira, 11 de maio de 2015

4 Vídeos de BNegão e Seletores de Frequência no CCBB (31/01/2015)






O MPB Eletrônica foi um dos muitos projetos durante o verão de 2015 pelo Rio de Janeiro. Como cada projeto quer ter uma marca, algo que o diferencia dos demais, a proposta deste festival que aconteceu por três semanas do lado de fora do CCBB era colocar no palco artistas que "trazem como influência elementos da música eletrônica em seus trabalhos".








O que significa alguma verdade no caso de Lucas Santtana e Curumin, que respectativamente se apresentaram na primeira e na última semana do projeto. Mas onde se encaixa o BNegão com seus Seletores de Frequência no meio dessa história?









Não se duvide que a música eletrônica, de Kraftwerk ao Miami Bass (parentes próximos, de qualquer modo), passando como uma grande avenida pelo hip-hop e o dub, estão presentes nos muitos elementos que compõem os Seletores do BNegão.









Mas ao vivo é tudo orgânico, pulsante e tão quente quanto as altas tempraturas de um verão carioca que não dava trégua nem mesmo com a chuvinha que ia e voltava, mas não afugentava nenhum dos presentes que ocupavam o espaço em frente ao CCBB.









O repertório é o habitual dos Seletores, com uma seleção de seus dois discos lançados até agora (um terceiro é prometido para ainda este ano) e uma versão mais instrumental que cantada de "O Vendedor de Bananas" (Jorge Ben). Já escrevi, comentei e/ou resenhei em diversas outras ocasiões como aqui, aqui e aqui.













A rotina já é bem conhecida. O show começa já distribuindo hits animados como "(Funk) Até o Caroço" e a partir daí vai explorando diversos ritmos para dançar de muitas formas, até o final incendiário, onde músicas como "Subconsciente" e "Qual é o seu Nome" transformam o clima dançante em clima "pogante", culminando com "A Verdadeira Dança do Patinho" e participação do guitarrista Nobru Pederneiras (Cabeça, ex-Seletores), momentos onde não há qualquer resquício de conexão com o nome do festival (não que alguém se importe).









A rotina pode ser bem conhecida, mas o show é sempre uma oportunidade imperdível, até por ser cada vez mais rara no Rio de Janeiro: em 2014 foram apenas dois shows na cidade onde BNegão e Seletores residem (e La Cumbuca não perdeu, é claro). Torçamos para que a média aumente este ano. A considerar este show de janeiro e o possível lançamento do terceiro disco, merece.










4 vídeos desse show podem ser vistos aqui ou clicando aí embaixo:





- (Funk) Até o Caroço

- Prioridades

- O Vendedor de Bananas

- Dorobo



Fotos por Otaner & Dine.

Nenhum comentário: