Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Vídeos: Paralamas do Sucesso e Skank no Metropolitan (09/02/2019)





Pouco há que se falar de diferente sobre shows como esses que aconteceram no sábado naquele lugar da Barra da Tijuca que se chamava originalmente Metropolitan e hoje muda de nome ao sabor da vontade de patrocinadores. Para a resenha ficar "atemporal" vamos chamá-lo de Metropolitan.



A diferença é que ter as duas apresentações completas em uma mesma noite de Paralamas do Sucesso e Skank garantem casa cheia (facilmente mais de 5.000 pessoas presentes) e sempre possibilitam surpresas e canjas.







Não se sabe se a decisão de quem começaria a tocar foi feita na base do palitinho ou do par ou ímpar, mas coube aos Paralamas do Sucesso o pontapé inicial, enquanto parte do público ainda lutava para entrar na casa de shows.







Depois de duas músicas do disco mais recente, Sinais do Sim (2018), o que se viu foi a sucessão irrefreável de sucessos que só é permitido a uma banda como os Paralamas, onde é necessário até encurtar e juntar algumas músicas, como o medley que une "Selvagem" com "O Beco".







Em "Lourinha Bombril" a primeira interseção com o Skank, com a participação de Samuel Rosa, e depois mais outro bloco de hits até o final, numa apresentação com mais de 20 músicas que, pelo tempo percorrido, já seria o suficiente para ir embora satisfeito.







Mas ainda tinha o Skank que faria também uma apresentação bem completa, diferente de turnê recente onde se concentravam mais nos três primeiros discos. No Metropolitan também desfiaram hit atrás de hit, onde talvez a menos conhecida fosse uma música lançada ano passado, "Algo Parecido", já no bis. Antes disso, participação dos Paralamas em "Te Ver", emendada com "Você" do Tim Maia e um pouco de "Waiting In Vain" de Bob Marley.







E logo no começo teve também bonita homenagem de Samuel aos jovens jogadores que morreram no incêndio que aconteceu dias antes no centro de treinamento do Ninho do Urubu, antes de cantar "É Uma Partida de Futebol". No bis, mais Paralamas e Skank, numa jam que, ao que parecia, se dependesse do Samuel Rosa, duraria até amanhecer. Rolou mais Bob Marley e Tim Maia, e também Jimmy Cliff ("The Harder They Come", alternando no refrão com a versão que foi sucesso por aqui com o Cidade Negra) e um repeteco de "O Beco" dos Paralamas.








No fim das contas, shows inteiros de duas bandas com a história que tem se provou algo um pouco cansativo, mas recompensador pelos setlists e por ver juntos dois cânones do pop rock brasileiro.



Vídeos:



Músicas gravadas:

- Skank - "É Uma Partida De Futebol"

- Paralamas e Skank - "Te Ver" / "Você" / "Waiting in Vain"

- Paralamas e Skank - "Sossego"

- Paralamas e Skank - "O Beco"

Nenhum comentário: