Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Embaixada Pernambuco 02

O Lugar

Solar de Santa



Talvez seja pelo fato de estarmos acostumados aos mais estranhos, sujos e destruídos lugares para se conseguir assistir um show... Não. Mesmo que todos os lugares onde se toca música fossem bonitos, mesmo que a Lapa fosse organizada ao invés de parecer um cenário de pós-guerra, mesmo assim esse Solar de Santa, local onde aconteceu o Embaixada Pernambuco seria o melhor local para acontecer qualquer coisa no Rio de Janeiro.



Solar de Santa



Localizado um pouco acima do Largo dos Guimarães, numa rua muito apropriadamente denominada de Aprazível, compensa a subida pra quem vai a pé pra lá. Entrando no lugar, há a sensação que mesmo se não acontecesse show nenhum já valeria a pena ter entrado ali.



Segundo o site do lugar, "o Solar Real, uma mansão de 1400 m² em estilo colonial com 25.000 m² de jardins e floresta é a perfeita combinação de elegância e conforto, uma jóia rara debruçada sobre a Baía de Guanabara no bairro histórico de Santa Teresa".



Fora o floreio fru-fru do texto, é a pura verdade. E olha que todas as vezes que fui lá era noite, e o lugar já parecia bonito, fico imaginando à luz do dia. Podiam colocar uma visitação para lá, uma exposição de qualquer coisa, o lugar é de tirar o fôlego.



Vitor Araújo
Blocos de Maracatu



E foi num lugar assim que rolaram os shows dos artistas pernambucanos. Ou seja, todos acabavam entrando com metade do jogo ganho, fosse no salão que fica no térreo, ou fosse no salão do andar de baixo, que era chamado de garagem por Rogê através de seu megafone. Pra quem não sabe quem é Roger, quando Chico Science canta "Cadê Rogê, cadê Rogê" em "Macô", bom... É ele.



Roger

Ó ele aí.

Um comentário:

Dine disse...

gostei das fotos! =)