Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Vamos ao (pouco) que interessa

Como já disse o Tulio aí embaixo, saiu a escalação do Tim Festival. Excetuando-se a parte de jazz, que não me meto a achar que manjo, o que é legal no festival? Isso aqui: Instituto apresenta "Tim Maia Racional".



Imagino que eles toquem o Volume 1 e o Volume 2 da fase Racional de Tim Maia, e quem sabem não toquem algo do lendário Volume 3? Pelo que vi numa rápida busca participam dessa homenagem pessoas como BNegão, Negra Li, Carlos Dafé, Pupilo (Nação Zumbi), Curumin, numa apresentção tinha o Peu (ex-guitarrista da Pitty), em outra teve o Fernando Catatau (Cidadão Instigado).Imaginando também que esse show seja num preço razoável, afinal de contas é um grupo nacional se apresentando sozinho. Outro que pode(ria) ter um preço não tão absurdo é o palco Tim Festa com Gogol Bordello. Ou será só um sonho imaginar isso? Ingenuidade, né? Com atrações tão diferentes no mesmo palco como Música Magneta, Database e Sany Pitbull deveria ser uma oportunidade para pessoas que estão menos preocupadas em aparecer e posar para revistas de celebridades e mais concentradas em dançar e se divertir. Mas aí não estaríamos falando de um evento midiático no Rio de Janeiro...

E Paul Weller com abertura de Marcelo Camelo? Esse eu tenho certeza que o preço vai ser proibitivo, mas quem quiser contribuir para que vips possam assistir do seu lado de graça, com certeza não vai se arrepender de ver e ouvir (todos sentadinhos, com mesas no lugar que nem foi o Elvis Costello?) o Rei Mod e ex-líder do The Jam. Suspeito que terá mais gente interessada em ver o trabalho solo de Marcelo Camelo, e se isso é bom ou ruim, concluam vocês.
Acho que é isso. Klaxons? Gossip? National? MGMT? Kanye West? Se tem três letras desejáveis no final do ano certamente não são as que compõem TIM e sim as que formam R.E.M.

Nenhum comentário: