Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 7 de março de 2012

Baixe Mundodifusão, disco da banda Djangos




Sou suspeito pra falar porque eu escrevi o release do disco, mas... Bom, então deixa o release falar:



Eu devo gostar de umas 794 bandas, mais ou menos. De todas, Djangos é a minha banda favorita. Na época do primeiro CD (Raiva Contra Oba Oba) eles já haviam deixado de ser Kamundjangos e com o tempo minimizaram para Djangos. O nome foi ficando cada vez mais compacto, mas o som foi ficando cada vez mais abrangente, se expandindo para além do ska que marcou o início da banda. Ainda há ska, mas um rock mais vigoroso também se apresenta, o drum'n'bass inspirado em Asian Dub Foundation, o reggae, até levadas de samba e de soul estão em um lugar ou outro da salada pop que eles estão aprontando.



E com essas mudanças eles chegam com esse novo trabalho, mas algumas características se mantém. Ainda temos o baixo pesado e profundo de Lyle Diniz que se entrelaça bem com a bateria punk-suingada do maestro Jj Aquino, milimetricamente preciso em suas batidas, inspirado em seu triunvirato pessoal, Clash-Police-Paralamas. É com uma cozinha desse nível que Marco Homobono prepara a refeição na forma das letras mais originais que já vi sobre as inquietaçãoes da ordinária vida suburbana-global. De acompanhamento temos sua guitarra envenenada, passeando entre distorção, microfonias light e feedback de um lado a outro do disco.



E ele ainda tempera tudo isso com muitos efeitos, repetições e colagens de sons & vozes e instrumentos ecoando no melhor clima dub, que só poderiam ser gravados mesmo em um lugar chamado Observatório de Ecos, de propriedade do produtor do disco, Marcelo Yuka. Some-se a isso a participação de Jomar Schrank com teclados, piano, escaleta, farfisa, guitarra e o que mais aparecesse pela frente, aglutinando idéias e emoções. E aglutinar, conectar, acrescentar & difundir é o lance da banda, assim como as palavras "mundo" e "difusão" aparecem aqui, conectadas, suprimindo espaços e estreitando laços, criando o novo.



Os laços também se estreitam com mais algumas participações especiais. Lazão, baterista do Cidade Negra, empresta a voz para o eletro-reggae-rock "Imigrante Ilegal". Em "Comportamento Geral", de Gonzaguinha, a única música de outro artista presente no disco, eles contam com o aval e a bênção de Amora Pêra, filha do compositor e integrante do conjunto Chicas. Para reforçar as idéias de "Cabra Marcado", o rapper João Xavi é convocado e adiciona suas rimas cheias de citações e com recado certeiro. "Beco Sem Saída (Forrockers)" não tem participações, mas exibe um cenário de agreste punk, mostrando que os temas são sérios mas o som é de festa para curtir.



Em "Operação São Jorge", a festa se confunde com o tumulto, rápida e nervosa, tiros disparados pelo bumbo e gritos expelidos pelas seis cordas nas mãos de Homobono. Para respirar, na metade final do disco temos as mensagens positivas de "Agora Não Mais". Há ainda no meio disso "Eles Me Fazem Chorar", uma constatação da luta diária de quem está por aí tentando se virar no meio do bem e do mal, um reggae com pandeiro e violão de nylon ao fundo, que, prestando bem atenção, evoca um Jorge Ben.



O mais incrível nesse Mundodifusão é que, no meio de tantos ecos, a cada audição dá para descobrir uma melodia nova, um fraseado de guitarra que você não tinha reparado antes, um barulhinho eletrônico diferente. É por isso que eu não parei ainda de ouvi-lo, ecoando que está nos meus ouvidos mesmo depois que chega na última faixa. Sugiro que você faça o mesmo.


Otaner
Blogueiro, viciado em shows e fã do Djangos




O disco saiu ano passado e agora o trio coloca para jogo no site deles.


Mundodifusão (2011)



01. Beco Sem Saída (Forrockers)
02. O Alvo
03. Imigrante Ilegal
04. Jump In The Slave Quater
05. Operação São Jorge
06. Cabra Marcado
07. Agora Não Mais
08. Onda e Concreto
09. Eles Me Fazem Chorar
10. Atenção
11. Comportamento Geral
12. Tereza

[download]

Nenhum comentário: