Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Resenha, fotos, vídeos: Tonho Crocco no Teatro Rival (10/11/2016)





Na última quinta-feira o Teatro Rival recebeu o show de Tonho Crocco, onde o cantor gaúcho, que também é vocalista da banda Ultramen, fez o lançamento no Rio de Janeiro do seu segundo disco solo, Das Galáxias, para uma casa cheia. E foram as músicas do novo disco que deram início ao show.








O próprio Tonho deixa claro que muitas delas são inspiradas em artistas que ele admira, e na sequência do show, em especial nas música puxadas mais para o samba, vemos bem isso, em especial em "O Bonde da História", samba de breque no estilo de Moreira da Silva. No meio dos sambas, um eventual afrobeat: "Baobá", com participação especial do BNegão. Podia ter rolado também "Abre-alas", afrobeat do disco anterior. Boas composições e o soul "Zerado o Placar", calcado em Cassiano, teria toda a possibilidade de hit, se tivéssemos uma mídia interessada nisso.







Mas os pontos altos do show são as músicas mais voltadas para uma mescla de funk, r&B e samba-rock. Se destacam nessa mescla músicas do primeiro disco solo do Tonho Crocco, como "Teto Solar" e "Réu Primário", esta pegando emprestado linhas de "O caminho do Bem", do Tim Maia. Do Ultramen, entram "Grama Verde", versão que fizeram do Bedeu/Pau Brasil e o grande sucesso "Dívida", com BNegão de volta ao palco. Já "Santo Forte" tem participação de Lica Tito. Em todos esses momentos é a banda que acompanha Tonho Crocco que faz as músicas ganharem uma pegada black (pode pensar aí de Banda Black Rio a The Roots) de deixar qualquer um impressionado.







Gravei três vídeos, que vocês podem ver aqui ou aí embaixo:





Nome das músicas:

- Baobá

- Zerado o Placar

- Dívida

Nenhum comentário: