Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Muitos vídeos e fotos de Mike Watt & The Missing Men destruindo no Studio RJ (11/11/2013)






Na ultima segunda-feira o Rio de Janeiro teve a sorte e a chance de conferir o show de uma verdadeira instituição da música no nosso planeta. E que fez questão absoluta de demonstrar isso ao longo de mais de vinte músicas que podiam durar de um a sete minutos.




Como parte de uma ação de uma marca de tênis, Mike Watt com seu grupo The Missing Men (com Raul Morales com a bateria quase na frente do palco e Tom Watson na guitarra e dividindo vocais) encerrou a noite no Studio RJ, que ainda contou com o grupo Os Estudantes (aqui você pode ver e ouvir o grupo tocando 9 músicas). Para quem ficou atento às comunicações da tal marca, ou à agenda do La Cumbuca, foi recompensado com esses shows e com cerveja e água à vontade.







Mas nada disso era realmente necessário em uma noite com Mike Watt. Como dizem muito hoje em dia, "procurem saber". De Minutemen à participação atual com os Stooges, passando por dois discos solo importantíssimos nos anos noventa, esse americano de San Pedro, Califórnia, tem sido peça fundamental desde os anos oitenta para o punk, o hardcore e a música alternativa como a conhecemos.




Curiosamente, quase nenhuma música dos discos solo é tocada ("The Big Bang Theory" é lado B de um single; "Forever... One Reporter's Opinion" é a única que realmente vem do disco Ball-Hog Or Tugboat?, e mesmo assim é uma recriação de "One Reporter's Opinion" do Minutemen).







Watt prefere fazer ao vivo aquilo que provavelmente faz como radialista no programa que leva o nome da cidade onde cresceu: mostrar músicas obscuras ou sem o reconhecimento devido das bandas importantes para sua formação. Então dá-lhe Wire, The Pop Group, The Urinals e até mesmo Blue Öyster Cult, tudo tocado de forma feroz, como não poderia deixar de ser com alguém com o currículo de Mike Watt.







Logo nas primeiras músicas, uma homenagem àquele que foi um dos pilares da possibilidade de um grupo como aqueles do qual Mike Watt fez parte poder existir. "Sister Ray", do Velvet Underground, dedicada a Lou Reed.




Mas o que preenche o setlist em sua maior parte são músicas do Minutemen, em especial do disco Double Nickels On The Dime. E postas ao lado das homenagens e influências de Watt, faz tudo ficar muito mais coeso do que se poderia supor e dão uma aula de música para um monte de gente que talvez não esteja ali pra aprender, enquanto balançam a cabeça e entram na roda de pogo, mas certamente não esquecerão dessa noite. Assim como os Stooges, onde Watt já toca há dez anos, não é esquecido e encerra com um título que pode resumir bem a noite: "Fun House".






Gravamos (eu e Fabio Fernandes) doze músicas do show, que você pode ver aqui ou clicando aí embaixo.







Lista das músicas gravadas


She Don't Know Why I'm Here

Sweet Honey Pie

Three Girl Rhumba

Ex Lion Tamer

Sister Ray

The Glory of Man

Surfin' With The Shah

The World According to Nouns

Little Doll

The Big Bang Theory

We Are Time

Fun House

O setlist pode ser visto aqui e pelo que percebo foi colocado pelo amigo Vinicius Damázio.

Nenhum comentário: