Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Prenúncio de um feliz 2016: Radiohead e LCD Soundsystem liberam músicas novas; PJ Harvey tem disco novo ano que vem




A maioria das pessoas há de concordar que 2015 foi um ano ruim para o Brasil e para o mundo. Desnecessário relembrar aqui tantas mazelas, se quiser, vá se deprimir vendo as retrospectivas na TV.



Mas na noite de Natal dois milagres aconteceram. Primeiro o LCD Soundsystem lançou a primeira música inédita em mais de quatro anos, desde que em 2011 o grupo anunciou o seu fim. Fim naquelas, já que era só o líder James Murphy ter vontade de retomar atividades que teríamos LCD novamente. E provavelmente teremos, já que boatam por aí que eles serão atração no Coachella. A canção natalina (ou anti-natalina?) "Christmas Will Break Your Heart" não indica se o possível retorno em 2016 acarretará em novo disco, mas melhora o saldo negativíssimo deste ano.







Horas depois foi a vez do Radiohead lançar novidade. "Spectre" seria tema do mais recente filme da franquia James Bond. Por algum motivo não rolou, e eles resolveram agora liberar a música. É o primeiro som que o grupo inglês lança desde 2011, quando apresentou ao mundo The King of Limbs e a versão ao vivo no estúdio The King of Limbs: Live from the Basement. Rumores aos montes de novo disco e nova turnê mundial ano que vem.







Já com a PJ Harvey não tem boato nem rumor. O disco está pronto e os shows para 2016 começaram a ser anunciados, nenhum no Brasil por enquanto. Diferente das duas bandas, porém, o que ela soltou de material novo até agora foram apenas 28 segundos de uma música do novo trabalho. Expectativas são enormes já que o último álbum, Let England Shake, foi lançado em... 2011.






Com isso, a conclusão é óbvia: está tudo dando errado no mundo nos últimos anos por conta da falta que PJ Harvey, Radiohead e LCD Soundsystem estavam fazendo. Os indícios de um 2016 bem melhor estão aí.

Nenhum comentário: