Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Três dias para Metá Metá no Rio: como foi o show do trio ano passado





Esta não é a primeira visita do Metá Metá ao Rio. Ano passado eles tocaram no Oi Futuro, em sua versão que poderia ser considerada menos "elétrica" se eletricidade, no caso deles, fosse uma definição para um fenômeno científico, o que não é o caso.


Aí abaixo um trecho do que escrevi ano passado e que talvez explique porque considerei um dos três melhores shows nacionais de 2012:


Como Kiko Dinucci diria mais tarde durante o show, enquanto eles estavam tocando em Salvador, alguém chegou e disse: "Ah, vocês fazememepebêzinho". Imaginando que alguém chegou no Oi Futuro Ipanema só sabendo que era um trio de voz-violão-sax, já deve ter se surpreendido com a cadência afrorreligiosa do começo e logo depois Kiko distorcendo seu violão com o auxílio de um papel estrategicamente posicionado entre as cordas para a música "Vale do Jucá", originalmente de Siba e a Fuloresta.




Metá Metá - 17/08/12




Meu momento mais aguardado veio depois de tocarem "Papel Sulfite". "Trovoa" é daquelas ocasiões mágicas na música, que já era quando cantada por seu autorMaurício Pereira, mas é catapultada para além da estratosfera na interpretação de Juçara. Ela pede o tom para Kiko, mas começa sozinha e brilha em um dos raros momentos onde a instrumentação violão-flauta se submete à sua voz poderosa que passeia pela história de amor despesperado-cotidiano de Maurício.



Metá Metá - 17/08/12




Mas na maior parte do tempo todos estão iluminados e ao máximo de suas capacidades, explorando as ambiguidades de um trio sem percussão que dá vontade de dançar, um violão que tem uma crueza punk ao mesmo tempo que é rebuscado, um saxofonista que pontua todas as melodias com uma dose de experimentalismo e vigor de fazer cair os braços e uma voz que consegue ser doce, ácida e majestosa.




Metá Metá - 17/08/12




Seja tocando músicas do primeiro disco, do futuro lançamento Metal Metal, pontos de umbanda e trabalhos dos muitos projetos dos três integrantes, ou a sequência de três músicas de Itamar Assumpção (a divertida "Más Línguas", "Ir Pra Berlim" e "Tristeza Não", e a influência de Itamar e da Lira Paulistana é visível no Metá Metá), o trio se mostra além de classificações como rock, metal ou MPB. O que é certo no Metá Metá é que eles têm o costume de ultrapassar os limites de convenções preestabelecidas.



Gravei oito vídeos do show, que você pode ver aí embaixo.




Ou aqui.


Lista de músicas:

Metá Metá - "Vale do Jucá"
Metá Metá - "Papel Sulfite"
Metá Metá - "Trovoa"
Metá Metá - "Samuel"
Metá Metá - "Tristeza Não"
Metá Metá - "Vias de Fato"
Metá Metá - "São Jorge"
Metá Metá - "Rainha das Cabeças"



====


O Metá Metá se apresenta esta sexta-feira no Studio RJ. Mais informações no evento no Facebook.

Nenhum comentário: