Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Tom Zé X Caetano

Caetano Veloso elogia o novo disco de Tom Zé, "Estudando a Bossa". Elogia naquelas, dizendo que "diferentemente de mim, de Gil, de Gal e da torcida do Bahia, Tom Zé nunca foi um bossanovista" (?) e que o disco é muito Tom Zé (?). Lê aí.



Tom Zé aproveitou para desdenhar e alfinetar Caetano e, junto, agradecer a vários que o ajudaram na época em que o tropicalista de Irará esteve no ostracismo. Tudo isso no blog dele, que já até falamos sobre. Caetano replicou nos comentários de seu próprio blog, lembrando que trouxe Tom Zé para São Paulo e escreve sobre tudo que quer no blog. Ao que parece, no último show em São Paulo, Tom Zé mandou Caetano tomar no ... E por enquanto o embate está assim.



Talvez esse pequeno bate-boca virtual seja marketing dos geniais velhinhos (baianos são bons disso, estão sempre com uma polêmica pronta para os cadernos culturais). Mas vale a pena para ler o texto de agradecimentos do Tom Zé, de uma fluência e bom humor que nem me fez pensar se aquilo tudo é fruto de ressentimento ou algo que o valha. Pelo contrário, ele me pareceu muito confortável com os sentimentos que tem. Um dos melhores trechos: "Sinval tomou como encargo me arranjar um patrocinador e fez o representante dos licores Bols ser submetido a uma audição das músicas que eu fazia, na casa deste... Nossa! Deve ter sido necessário um pai-de-santo para tirar o assombro que eu podia ver na face do posudo rapaz vendo o prestígio de seus licores ameaçado pela barbárie imbebível que eu praticava." Muito Tom Zé, o Tom Zé.

Um comentário:

Túlio disse...

antes do lançamento do filme do Tom Zé, ele escreveu uma carta aberta para o Caetano, que foi publicada no Globo. Nela ele dizia que quem tinha inimigos como Caetano não precisava de amigos o-o'