Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Móveis Coloniais de Acaju no Claro Cine


Menina Moça - Video do usuário 'edualq' do Youtube

Claro que não foi igual ao Circo! Mas não deveu muito. O bonde Brasília, recém chegado da Europa, representou muito bem tocando músicas do disco antigo e daquele que está por vir.

O show começa e fica evidente a falta de sintonia de parte do público com a banda, mas de um jeito bem colonial de acaju, tudo se acerta. Os refrões foram ficando mais fortes ao passar do show, junto com a empolgação do público. Tanto que o chão da tenda parecia que tinha entrado no clima também, fiquei até com dúvida se aquilo ia agüentar!

O carisma contagiante da banda continua o mesmo de outras apresentações. Os músicos de sopro fazem um esforço sobre humano pra dançar e tocar ao mesmo tempo, nosso amigo vocalista é outro que parece um pinto no lixo, não para queto. Em um momento do show ele relembra uma coisa que foi dita no ultimo show da banda na cidade, sobre os 'Iêes' do Rio de Janeiro - "os melhores" - e começa uma repetição de 'Tumbaruntaestãticã','Nanãselãcan' e outros sons de interpretação subjetiva, mas que todos entoavam no 'mesmo tom'. Esse momento mostrou como a banda conseguiu integrar bem os 'perdidos' que ali estavam, não todos, mas alguns se renderam.

Durante o show foram apresentadas algumas músicas do disco novo, que deverá ser lançado em março. Elas seguem o mesmo clima que impera em 'Idem' (primeiro disco da banda). Algumas, como 'Sem Palavras', já são bem conhecidas e empolgam como as músicas do primeiro trabalho da banda. Não creio que no segundo disco apareça alguma coisa que surpreenda, mas sim canções que servem muito bem para um show como eles sabem fazer.

Não faltou também aquela tradicional roda de 'Copacabana', momento do show aonde os músicos saem do palco e vão pra ficar do lado da galera. O local não estava muito cheio, o que possibilitou a roda ficar enorme! E como de costume arrastou todo mundo e deixou um músico perdido ali no meio. Foi engraçado ver o baixista da banda se espremendo, levantando o braço do baixo para não parar de tocar! Ninguém morreu, os seguranças que no inicio do show desarmaram uma rodinha nada fizeram com as pessoas que invadiram o palco/entraram 'rasgando' na roda.

Fora um pessoal que não se permitiu gostar de Móveis (o ser humano é dotado de uma auto-enganação fora do comum), muita gente saiu bem feliz daquele show. Eles prometeram voltar ano que vem mais vezes que esse ano, a gente espera. Valeu a pena.

Um comentário:

Chico disse...

"Fora um pessoal que não se permitiu gostar de Móveis (o ser humano é dotado de uma auto-enganação fora do comum), muita gente saiu bem feliz daquele show."

ra-paz, nem reparei nesse povo, cheguei atraso e curti pra caralho! Belo show, grande banda!

e bom blog!

abraços