Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Ainda 2016: Fotos e Vídeos de Nação Zumbi com The Young Gods, Black Future, Nomade Orquestra, Amplexos e Zé Bigode

Embora coloquemos nossas opiniões e nossa visão sobre muitos assuntos relacionados à música (mas não só isso), o La Cumbuca é, acima de tudo, um site de registro e informação musical. Desde a criação desta página virtual, uma das maiores preocupações é fazer com que pelo menos os shows que presenciamos recebam uma descrição sobre como foi, umas fotos tremidas*, uns vídeos amadores. Em alguns casos pode conferir no google que vai ser um dos poucos ou até mesmo o único registro sobre um show. E com a entrada do Fábio Fernandes para o La Cumbuca os leitores ganharam muito mais informação e acesso a um acervo incessante de videos.




Só de resenhas, fotos e vídeos de shows do ano passado feitos por nós são quase 100 postagens, com centenas de vídeos e fotos. Mas nem sempre dá tempo para colocar aqui tudo que vimos. Rascunhos foram se acumulando e nas últimas semanas alguns foram sendo terminados e mostrados aqui. Afinal, temos que mostrar que 2016 não teve só coisa ruim! Então para não deixar passar alguns shows e ao mesmo tempo começarmos a fechar a tampa do ano que passou, mais algumas fotos e vídeos de shows de 2016 em datas variadas que assisti e ainda não deixei registrado no La Cumbuca.





Nação Zumbi e The Young Gods no Circo Voador - 27/05/2016


"Aquecimento" para o show em conjunto que fariam meses depois no Festival de Montreux, Nação Zumbi e a banda suíça de rock industrial The Young Gods vieram mostrar que a antena fincada no mangue há umas três décadas atrás alcançou o mundo mesmo. Não conhece Young Gods? Corrija isso ouvindo L'Eau Rouge, lançado em 1989 (T.V. Sky também é uma boa).





A apresentação começou com o público ainda fora da lona, quando os barulhos começaram a vir do combo suíço-brasileiro. Uma introdução singular com a letra de "Monólogo ao Pé do Ouvido" é cantada pelo vocalista Franz Treichler. Os integrantes do Young Gods soltavam samples, programações e outras sonoridades através do laptop, sintetizador e vários pedais de efeito, enquanto a Nação Zumbi fazia o que todos nós estamos bem acostumados.





o repertório se dividiria de forma quase equânime entre musicas da Nação e do Young Gods. Sem grandes alterações nos arranjos nas músicas da banda brasileira, mas ganharam em densidade, graças aos ruídos, e distorções que casaram bem com a guitarra de Lucio Maia, em especial da metade para frente do show.








Gravei três vídeos que podem ser vistos aqui ou aí embaixo:



Músicas gravadas:

- L'eau Rouge

- Skinflowers

- Maracatu Atômico










Black Future na Vizinha 123 - 15/07/2016






Como não deixar registrado aqui que nós pudemos ver em 2016 um show do Black Future? O vocalista e letrista Satanésio, o guitarrista Edinho e o baixista Olmar tiveram a adição de Leo Monteiro na bateria para mostrar boa parte das músicas do único disco lançado pela banda, o cultuado Eu Sou o Rio, de 1988, além de novas composições.







O som é sempre descrito como pós-punk, mas é bom que se diga que é um pós-puk carioca, o que significa que funk, samba e outros ritmos recebem o tratamento único da banda. Mas único e original mesmo é o estilo vocal de Satanésio, como se estivesse falando alto com alguém do outro lado da rua. É estranho e é interessantíssimo.






A ausência mais sentida para quem ouve as lendas mas nunca havia presenciado um show da banda é a de Tantão, multi-instrumentista e figura ímpar da noite carioca. Mas isso não tornou menos interessante ouvir o representativo samba-pós-punk "Eu Sou o Rio", um clássico do underground nacional.






4 vídeos aqui ou abaixo:





Músicas gravadas:

- "Interrupção"

- "No Nights"

- "Eu Sou o Rio"

- "Eu Quero Tocar a Lapa"







Nomade Orquestra no Teatro Glauce Rocha- 23/08/2016





Terça-feira no centro da cidade, no começo da noite, em um teatro onde já tínhamos conferido a ótima acústica que tem nos shows de Karina Buhr e Siba um mês antes, com a oportunidade de ver um mega conjunto instrumental com sonoridade cinematográfica. Uma viagem audiovisual à base de jazz, rock e funk, entre outros ritmos.



Vídeo gravado: "Dragão do Mar"









Zé Bigode e Amplexos no Leão Etíope do Méier - 11/07/2016





O leão rugiu convocando o La Cumbuca Som Sem Sistema para botar algumas músicas nessa noite em que o Amplexos se apresentaria na Praça Agripino Grieco, no Méier. Ótima desculpa para finalmente ver ao vivo a empenhada turma de Volta Redonda comandada por Eduardo Guga Valiante. Muito afrobeat, dub, funk e rock e ao que parece influências de Cidadão Instigado também se juntando ao pacote.


Vídeo: Amplexos - "Miragem"





Antes deles a grata surpresa de ver o instrumental do Zé Bigode.





Fecharam a apresentação deles com essa boa versão de Itamar Assumpção (via Metá Metá).


Vídeo: Zé Bigode - "Tristeza Não"







*Fotos tremidas são exclusividade de Otaner La Cumbuca. As fotos com ar mais profissional costumam ser de autoria de Dine Araújo.

Nenhum comentário: