Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

terça-feira, 8 de maio de 2012

Eu me perdi na selva de pedra - Histórias de uma Virada Cultural - A Jukebox de Afrobeat

Sábado, 05 de maio, por volta de 20:30
Esquina da Alameda Barão de Limeira com Rua Vitória. Depois de assistir um pouco do ótimo show d'A Bolha, estou correndo para chegar a tempo de ver Os Mulheres Negras no Sesc Vila Mariana. Interrompo minha corrida brevemente ao avistar um camelô vendendo cerveja. Pergunto se tem alguma long neck e ele indica que o bar atrás dele tem Heineken.





Entro no bar e noto que todas as pessoas são negras e a maioria me olha desconfiada. A vendedora estava sentada numa das mesas e pergunto para ela se tem Heineken. Enquanto ela diz que sim e vai buscar percebo que a decoração do lugar tem referências africanas. Só então ouço a música que está tocando lá dentro, um afrobeat suingado e agradável. Enquanto ela vem com o troco procuro de onde vem o som, vejo e confirmo com ela: uma jukebox só com música africana!





Tenho que correr para Os Mulheres Negras (ó, ironia), mas me prometo a voltar lá no dia seguinte. Depois do show dos Titãs, era aquele meu destino. Quando chego, o lugar estava um pouco diferente do que eu lembrava do dia anterior e a cor da pele das pessoas também era mais clara. Será que eu estava no lugar certo?




Pergunto para a vendedora, que não era a mesma do sábado, se tinha Heineken e ela diz que acabou. Só tem Caracu e Brahma Malzbier. Quase indo embora, enquanto a vendedora caçava alguma cerveja que me agradasse na caixa de isopor, olho pra cima e vejo ela: a Jukebox. Selecionado em um álbum escrito Afromix.




Eu devia ter sentado, tomado uma Caracu e pedido para que aquele álbum fosse tocado. Sei lá porque achei melhor andar um pouco mais pela Virada Cultural. Talvez porque o ar especial da noite passada não estivesse ali. Mas já sei onde vou passar na próxima vez que estiver em São Paulo: no Biyou'Z Restaurante Afro.





(obrigado, google streetview!)

Nenhum comentário: