Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Top Top: 12 discos promissores de 2012, por Otaner

Primeira parte: 25 a 13


Temos aí o ano de 2013, 2014 e além para descobrir se esses discos são passos para essa turma mudar de alguma forma a cara da música brasileira. Temos gente do Rio de Janeiro, Volta Redonda, Vitória, São Paulo, Natal, Manaus, Santo André, Belém e até de fora do Brasil (mas com os dois pés aqui), embora a diversidade geográfica não tenha sido uma preocupação na hora de montar a lista. Por falar em Belém, Dona Onete, embora a idade não diga, é uma estrante que pode sim ainda novas surpresas cada vez melhores.



Os seis primeiros discos já foram comentados na lista de melhores do ano, então fiquem com os comentários sobre os outros 6 e o Top 12, que ficou assim:





12
Malbec - Paranormal Songs

Destaque: "Relógio da Torre", "Calo". Tem um tracinho em cima do M de Malbec que eu não sei nem quero aprender a fazer, odeio essas coisas tipo Ke$ha. Mas o som da banda é um rock que por vezes me lembra Violins. Curiosamente o Violins tem uma música chamada "Malbec". Na verdade uma música solo do Beto Cupertino, do Violins. Influência ou não, uma ótima referência para sacar o rock do Malbec.










11
Amplexos - A Música da Alma

Destaque: "Afrobeat", "Leão". Eduardo Valiante, vocalista da Amplexos de Volta Redonda, é incansável na batalha de divulgar e fazer sua música chegar ao máximo de ouvidos. Claro que nada disso adiantaria se não houvesse alguma qualidade nas suas misturas de dub, afrobeat, ska, funk, "mangue", etc etc. E há.









10
Maga Bo - Quilombo do Futuro

Destaque: "Piloto de Fuga", "Dobrado", "Immigrant Visa Part II". Maga Bo não é brasileiro, o disco tem altos e baixos, mas tendo participações de BNegão e Speed Freaks fica fácil, né? Vamos ver onde as experimentações entre hip-hop/ragga e bateria de escola de samba ("Immigrant Visa Part II") podem parar, mas inegável que é MUITO promissor.







09
O Padre dos Balões - EP

Destaque: "Profetas", "Fritura". Dom Coimbra e Pajé fazem festas de sucesso pelo Rio, troco ideia bastante com eles e eles tocam n'O Padre dos Balões (ótimo nome), mas estão nessa lista de promissores por conta de músicas como "Profetas", que abre o EP. Em especial nesta faixa e nas duas últimas existe groove, barulho e um cuidado nos detalhes de timbres e arranjos que desperta curiosidade em conferir a banda ao vivo.









08
Far From Alaska - Stereochrome

Destaque: "Thievery", "New Heal". Uma das piores coisas de fazer o La Cumbuca é receber emails de diversas bandas apresentando a música delas. Não que isso em si seja ruim, o problema é às vezes não dar conta de ouvir tudo. Mas como é recompensador quando chega um EP igual esse do Far From Alaska e se surpreender totalmente. Quatro rockzões grandiosos que enchem de esperança a vinda de um futuro álbum cheio.










07
O Terno - 66

Destaque: "Eu Não Preciso de Ninguém", "Morto". Um grupo de rock retrô cujo disco fez muito mais sentido depois de ouvir ao vivo. Tim "Napoleon Dynamite" Bernardes tem o timbre de voz muito parecido com de seu pai, Mauricio Pereira, e metade das músicas são de Mauricio (um dos meu compositores preferidos de músicas como "4 Letras", "Trovoa", "Tudo Por Ti", esta última presente no disco). Aí é mole, mas Tim, embora muito mórbido nessa estreia (fala o tempo todo de assassino, enterrar, morte, eu hein), definitivamente herdou o talento do pai.









06
Dona Onete - Feitiço Caboclo











05
Jennifer Lo-Fi – Ao Vivo No Estúdio Trama











04
Trupe Chá de Boldo - Nave Manha











03
Marco Nalesso e A Fundação - Três Vezes Grande











02
Mahmundi - Efeito das Cores












01
Silva - Claridão

Nenhum comentário: