Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Passado: HPP 2009 - 04

3 Na Massa - Karine Carvalho e Marina de La Riva



3 NA MASSA



O ponto de vista feminino colocado no papel e transformado em música por um compositor do sexo masculino ganhou repercussão e notoriedade durante os anos 60 e 70, especialmente com Serge Gainsbourg lá fora e Chico Buarque por aqui. Mas da forma que o projeto 3 Na Massa planejou é algo totalmente original.




O baterista Pupilo e o baixista Dengue, ambos da Nação Zumbi, mais Rica Amabis, produtor e músico do coletivo Instituto lançaram o desafio: chamar diversos compositores para escrever letras em cima das bases que criavam com o auxílio de guitarristas como Fernando Catatau (Cidadão Instigado) e Lúcio Maia e que tentassem identificar a alma feminina sob uma ótica que remetesse a Serge Gainsbourg e ao quadrinista italiano Milo Manara. Se não ficou claro, um dos compositores convocados resume: "uma mulher safadinha", disse Rodrigo Amarante em uma entrevista colocada no youtube.




Além de Amarante, outros tantos dos melhores letristas tentam desvendar os desejos de uma mulher: China, Alex Antunes, Junio Barreto, o pessoal do Mombojó, Lirinha, Jorge Du Peixe e uma mulher: Lurdez da Luz (Mamelo Soundsystem) que canta seus versos em forma de rap na faixa "Sem Fôlego".




E já que estamos falando sobre quem canta no disco, tome fôlego, pois as mulheres que foram escolhidas para cantar e/ou declamar os versos dos meninos são de deixar qualquer um ofegante, tanto pela voz quanto pela beleza.




Temos de Thalma de Freitas a Leandra Leal, de Céu a Pitty, Nina Becker a Simone Spoladore, atrizes, cantoras e modelos fazendo despertar a imaginação dentro de um harém em formato de cd. Sussurros e confissões à flor da pele.




Na única vez que se apresentaram no Rio, em 2008, com algumas dessas beldades, o lugar ficou lotado de gente doida para ser hipnotizada pelo canto da sereia das sedutoras. É bom não perderem esse show, pois as apresentações desse projeto são raras e o pior: viciam.

Nenhum comentário: