Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Veja a incrível performance de João Barone tocando de surpresa com Lafayette e Os Tremendões





Já mostrei algumas das surpreendentes novidades trazidas pelo mega combo Lafayette & Os Tremendões e ainda há espaço para falar sobre como foi o show, o último da temporada que fizeram às quartas de janeiro no Solar de Botafogo. Mas é necessário um espaço próprio para contar sobre as participações programadas e inesperadas daquela noite.



As programadas: Toni Platão e Carlos Malta. O primeiro foi o ex-vocalista do Hojerizah, que cantou três músicas e deu várias alfinetadas em Roberto Carlos. Na hora da segunda participação, o saxofonista (entre muitos outros instrumentos de sopro) Carlos Malta veio do meio do público já tocando e aproveitou para puxar, literalmente, o baterista João Barone, dos Paralamas do Sucesso.



Talvez caiba uma informação particular: antes do show, ao comprar o ingresso na bilheteria, a vendedora informou que o nome do Barone estava na lista de convidados, vips, etc. Ele fez questão de comprar o ingresso. "Temos que ajudar a rapaziada", explicou o baterista para a vendedora.



De volta ao show, não foi preciso fazer muita força por parte de Carlos Malta para convencer Barone a subir ao palco. A música que Malta e Lafayette e Tremendões tocavam era "Deixa Que Eu Deixo", nova e que tinha acabado de ser tocada pelo grupo, sem Malta.



Raphael Miranda (Brasov, Luxúria, entre outros), atual baterista d'Os Tremendões, cedeu o lugar para João Barone no meio da música e, logo depois do repeteco turbinado de "Deixa Que Eu Deixo" já mandaram "Não Vou Ficar", cantada por Érika Martins. O resultado está aí embaixo.




"Deixa Que Eu Deixo" / "Não Vou Ficar"



Os Tremendões aproveitaram a presença do Barone para mandar logo mais uma com ele, "Minha Fama de Mau". E chamaram Toni de volta para se juntar ao time. Com isso estavam em cima do palco João Barone, Toni Platão, Carlos Malta, Érika Martins, o baixista Melvin (Carbona), Nervoso (Nervoso e os Calmantes), Renato Martins (Canastra), Gabriel Thomaz (Autoramas), além, é claro de Lafayette. Nada mau, não?




"Minha Fama de Mau"




Lafayette e os Tremendões volta a se apresentar dia 21 de fevereiro no Sesc Tijuca. Mais informações em nossa agenda.

Nenhum comentário: