Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Top Top: 20 Discos Internacionais de 2012 (20 a 13), por Otaner

Igual o ano passado, vamos começar a enxurrada de listas de fim de ano com os discos internacionais. Um ótimo ano de 2012, com muitos discos que dão gosto de escutar por inteiro.




Apesar de ter reduzido o número de melhores de 25 para 20, dava certamente para fazer uma lista maior e incluir aí os lançamentos deste ano de The Walkmen, Killing Joke, Dirty Three, Guided By Voices (lançaram uns 3?), The Hives, Japandroids e Nada Surf. Ou então fazer um Top 10 com todos os discos lançados pelo John Zorn este ano, o que certamente facilitaria as coisas.




Mas assim como não ouvi todos os discos do John Zorn (e dos que ouvi, elejo o Templars: In Sacred Blood como preferido), também estive longe de ouvir todos os lançamentos internacionais . Seria fácil ouvir uma vez o trabalho elogiado de Sun Araw & M. Geddes Gengras meet The Congos, ou o novo do Van Morrison e dizer que estãpo entre os melhores, uma vez que é provável que estejam. E há tanto da nova música latino-americana e do continente africano que gostaria de conhecer mais.




Os 20 que considerei melhores, além de terem sido os que mais ouvi, foram os que mais tive e ainda tenho vontade de ouvir mesmo tendo que lutar contra a falta de tempo, não para ~ouvir~ um disco, mas para OUVIR: parar de fazer mil coisas ao mesmo tempo, sentar, relaxar e apreciar o som que está saindo das caixas (ou fones).




Dessa primeira parte da lista não há muito a comentar além do John Zorn. A maioria está nos tops de publicações gringas, talvez com exceção do Ben Kweller, que não vi muito por aí e considero injusto, uma grande coleção de canções pop, algumas mostradas recentemente no Imperator (ainda falarei disso? espero que sim).




Ano passado coloquei links do Mediafire para baixar os discos, mas no espaço de um ano o mediafire e outros sites de compartilhamento de arquivos começaram a ser perseguidos pelas gravadoras de forma mais contundente. Ao mesmo tempo, as pessoas que já adquiriram um certo desprezo pela mídia física para ouvir música começaram a nem mesmo guardar os mp3 nos computadores. O streaming foi o caminho e as gravadoras continuam por aí batendo cabeça. Então este ano, no caso dos discos gringos, coloco links para o escutar os discos no Grooveshark.





20
Fiona Apple - The Idler Wheel Is Wiser... ah vlw Fionona dos títulos grandes











19
Santigold - Master of My Make-Believe











18
Dr. John - Locked Down











17
John Zorn - Templars: In Sacred Blood











16
Jack White - Blunderbuss











15
Spiritualized - Sweet Heart, Sweet Light











14
Cat Power - Sun











13
Ben Kweller - Go Fly A Kite




Próximo: Top 12 Discos Internacionais.

Nenhum comentário: