Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

A Abertura do Carnaval Não Oficial do Carnaval de 2017 em fotos e vídeos (08/01/2017)





Se tomarmos o início do carnaval no Rio de Janeiro como uma prévia do que acontecerá no restante do ano, poderíamos apostar que 2017 vai ser muito melhor do que o ano que passou. Lembrem-se que a abertura do carnaval não-oficial em 2016 já começou com repressão e agressão por parte do poder público, algo que foi se repetindo em diferentes intensidades durante o período carnavalesco.



Desta vez foi diferente. A abertura do carnaval não oficial já acontece há mais de 15 anos e geralmente é um aquecimento meio caótico com blocos brotando no meio da Praça XV, alguns parados, outros fazendo pequenos trajetos pela área. A exceção mais notável de algo mais organizado aconteceu em 2015, com o Boi Tolo liderando outros blocos na "subida" do Morro do Castelo com direito a um passeio pelo aeroporto Santo Dumont.



Chegando na Praça XV por volta das quatro da tarde o clima parecia dos anos anteriores. Os foliões habituais se reencontrando, blocos e fanfarras parados em vários cantos, outros fazendo pequenos desfiles por partes novas que foram revitalizadas ou mesmo criadas no centro, como uma parte da Orquestra Voadora passando pela praça Marechal Âncora. Enquanto isso, a Trombetas Cósmicas Do Jardim Elétrico aproveitava as sombras das árvores para sua mistura de MPB, psicodelia e marchinhas.







Não levou muito tempo para o Boi Tolo, junto com outros blocos que formam a Desliga dos Blocos, começar a se formar em frente ao prédio que era da Bolsa de Valores.




Outros blocos continuam pela Praça XV, mas muitos vão começando a se unir no local. Ali começava o cortejo final. Mas, na tradição do Boi Tolo, sem percurso pré-anunciado. Parecia fácil, porém, saber que eles virariam em direção à Candelária, e aproveitar os novos espaços criados ali na época das olimpíadas.







É bem possível e provável que todos os lugares criados no último ano pelo centro venham a ser utilizados durante o carnaval pelos blocos mais alternativos e fora do calendário da prefeitura. Então foi uma ótima oportunidade para ter uma ideia de como pode ser, os lugares com visual mais impactante, o que pode dar certo e o que pode dar errado.







E, pelo menos nesse domingo, deu tudo certo. A orla entre a Praça XV e a Candelária teve bastante espaço para acompanhar o cortejo. O cenário, apesar das poucas árvores (logo, poucas sombras) é deslumbrante. O público é bem variado, com famílias e bebês no meio da folia.







O cortejo vai bem devagar e só chega completamente na Candelária no começo da noite.







A partir dali o objetivo é a Praça Mauá, mas em vez de chegar pela Rio Branco, a chegada é pela Rua do Acre. O clima continua ótimo, talvez um pouco menos familiar...







O domingo já estava acabando quando o bloco estava chegando na Praça Mauá. Esta cumbuca termina o relato por aqui, mas satisfeita com um ótimo começo de carnaval. Que seja indicativo de dias melhores para 2017, em especial para o Rio de Janeiro.







Alguns vídeos aqui ou abaixo:





Marchinhas gravadas:

Boi Tolo - "Turma do Funil"

Boi Tolo - "Índio Quer Apito"

Boi Tolo - "Quem Sabe, Sabe"

Nenhum comentário: