Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Virada Cultural 2013, parte 7: Apanhador Só na manhã de domingo






Depois de mais de doze horas pelas ruas do centro de São Paulo (e há alguns anos fazendo isso a cada Virada Cultural) já não precisava do mapa com as atrações para saber onde ir às 10 da manhã das últimas horas do evento.




O caminho era de volta aos palcos da Cásper Líbero. Um caminho que surpreendeu por estar mais limpo do que costumam ser os domingo de manhã pela Virada, com caminhões da equipe de limpeza da prefeitura jogando água nas ruas e diminuindo um problema que não tinha a devida atenção desde 2009. Passando perto do palco dedicado aos grupos de baile funk, um casal adolescente me interpelou se eu sabia onde era o palco que o Apanhador Só iria tocar. Era para lá que eu estava indo, algo que o casal deduziu por eu estar vestindo a camisa da banda.




Apesar de não ser por isso que fui com a camisa (acho bonita e até esqueço que é da banda, veja aí) gosto mesmo do Apanhador Só, assunto sempre aqui e um dos melhores shows que vi em 2011. A faixa etária do público, em boa quantidade considerando horário e localização do palco, era bem próxima do casal que me acompanhou até lá. O que é ótimo e dá esperança por dias melhores no pop rock nacional.




Apanhador Só - "Nescafé"




Várias músicas cantadas pela jovem plateia, que deve apreciar os traços de inquietude dentro do pop levemente losermânico do quarteto gaúcho. Certas canções do disco de estreia ganharam algumas mudanças dentro de suas estruturas, como "Nescafé", "Peixeiro", "Prédio" (e foi interessante ouvir essa cercado dos prédios meio decadentes daquela parte de sampa) e "Maria Augusta", esta última com um balanço paraense no meio da música.





Apanhador Só - "Despirocar"




Mesmo com um disco novo que estava prestes a ser lançado, foram poucas as músicas do Antes Que Tu Conte Outra. "Torcicolo", que conta com o baixista Fernão Agra dividindo os vocais com o vocalista e guitarrista Alexandre Kumpinski (completam a banda Felipe Zancanaro na guitarra e André Zinelli na bateria), e a psicodélica "Despirocar", que mostra a versatilidade do Apanhador Só, com 3/4 dos integrantes mudando de instrumentos.





Apanhador Só - "Balão-de-Vira-Mundo"



Apesar do som do palco não estar 100%, mostraram mais uma vez que dá para fazer música pop com um grau maior de "inteligência" do que a média e atualmente, desde o fim do Superguidis, é a banda mais interessante vinda do sul. Terminado o show, hora de começar a se alimentar no trajeto até o palco onde a lenda do jazz Pharoah Sanders iria ser acompanhado pela galera do São Paulo Underground.

Nenhum comentário: