Novidades musicais de todos os tempos. Também estamos em:

Flickr : Youtube : Twitter : Facebook

Destaques do site:

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Resenha, fotos, muitos vídeos: Mulheres Q Dizem Sim no Circo Voador comemorando 20 anos do primeiro disco (30/10/2014)





Muitas vezes é preciso um certo distanciamento no tempo para entender e perceber como um show pode ser considerado "histórico". Exemplo: os Sex Pistols tocando para uma audiência de 40 pessoas em Manchester, sendo que entre essas pessoas estavam futuros músicos que formariam bandas como The Smiths, Joy Division, The Fall e Buzzcocks (que já existia).



Em outros casos nós confiamos logo de cara que estamos diante de um evento a ser rememorado e celebrado nos anos vindouros. Franz Ferdinand no Circo Voador em 2006 foi um daqueles momentos em que todo o público que lotou o Circo se sente cúmplice de ter compartilhado uma noite especial. de comunhão com uma banda fazendo um show quase intimista diante de 2000 pessoas, para quem estava no auge do sucesso tocando para dezenas de milhares. Para além daquele dia, impulsionou a lona da Lapa como cada vez mais frequente roteiro de shows internacionais (o que foi solidificado através da iniciativa Queremos).



Mas um show pode ser considerado "histórico" antes mesmo de acontecer? Existem hoje diversos projetos especiais onde um artista toca um álbum seu na íntegra ou onde uma banda inativa se reúne para um show único. A Virada Cultural em São Paulo e o Primavera Sound em Barcelona costumam ter essas atrações como destaques em sua programação e sempre geram bastante expectativa, apesar de não necessariamente corresponderem na hora da execução.



Esse tipo de projeto é menos comum de acontecer no Rio de Janeiro, mas não poderia deixar de ser em casa que o Mulheres Q Dizem Sim fariam apresentação especial em comemoração aos 20 anos do lançamento do primeiro e único disco.







A banda nunca foi um Sex Pistols e nunca fez um show em especial que influenciasse na formação de outros grupos musicais. Mas sua trajetória no começo dos anos 90 foi influente e essencial para que seus contemporâneos e fãs formassem bandas como Acabou La Tequila (que abriu este show comemorativo), Carne de Segunda, Do Amor, Brasov, Binário, Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta, Silvia Machete, Rubinho Jacobina, Romulo Fróes e uns tais de Los Hermanos, além de seus integrantes influenciarem e participarem de projetos e gravações de artistas como Lenine, Lucas Santtana, o F.Ur.T.O. de Marcelo Yuka, Adriana Calcanhotto, Gal Costa, um tal de Caetano Veloso, sem esquecer todo o trabalho do +2 e da Orquestra Imperial.







Toda essa influência com somente um disco no currículo não é pouca coisa. O tanto de anos sem se apresentarem os quatro juntos criou uma legião de admiradores do único disco e dos trabalhos individuais posteriores, mas que nunca pode presenciar aquelas músicas serem tocadas por eles.






Para uma quinta-feira já se transformando em sexta-feira, os admiradores que nunca viram e os que já viram e os amigos e alguns que foram influenciados por eles até que compareceram em bom número ao Circo Voador. Homens trajando vestidos floridos na plateia, rapazes que também dizem muito sim, moças floridas, malucos em geral. A banda parece que trouxe 1994 de volta à Lapa.







E foi voltando no tempo que eles entraram no palco também usando saias e vestidos e maquiagem. Lá estavam de volta, ou pela primeira vez para quem nunca viu, Pedro Sá e Maurício Pacheco nas guitarras em cada ponta, Palito no baixo entre os dois e Domenico Lancellotti na bateria. Um cabide gigante segurava um longuíssimo vestido como parte do cenário.



Para começar de forma bem emblemática, uma música não do único disco, mas uma que talvez fosse gravada no lendário segundo trabalho, que nunca saiu. Trazida à fama através da Orquestra Imperial, o "Momento Macho" cantado por Pedro Sá faz ter certeza que a expectativa estava preenchida: era um noite histórica. Sim.







"Cinema Francês", cantada por Maurício Pacheco, não tem outras versões por aí. Era ali naquela hora, com aqueles caras, que você podia ouvir um dos muitos destaques das faixas gravadas pelo Mulheres. Já "Eu Sou Melhor Que Você", também defendida por Pacheco, é provavelmente o "hit" mais conhecido deles, pelo clipe que rodava bem na MTV e pela versão posteriormente gravada por Moreno Veloso, mas só com eles acontece aquela mistura emblemática do peso do refrão com o mais ou menos sambinha das estrofes.







Falando em Moreno Veloso, depois de mais duas incríveis do disco ("Salsa-Punk", cantada por Palito, e "S.O.S." do Pacheco) é ele quem entra no palco e fica até o final, cantando e tocando pandeiro. Primeiro com uma música da época do +2, "Das Partes", e depois com "Em Todo Lugar", uma beleza do disco Coisa Boa, lançado este ano.



O foco volta a ser o Mulheres e eles vão acrescentando uma coisa ou outra que poderia estar no segundo disco, e é assim que vão completando um setlist que até o encerramento somaria 20 canções. Além das instrumentais, do disco só não tocaram "Num Grude Nem Longe". Domenico, que não tinha tanta participação vocal na época, desta vez traz sua "Te Convidei Pro Samba", que não sei se fazia parte dos planos de ser gravada no segundo álbum, mas encaixa perfeitamente bem com a proposta sonora do Mulheres.







Foi uma noite única e especial, onde foi possível ouvir esses "clássicos desconhecidos" como "Fogo Fátuo", "ET", "Como Vai" além das já citadas, e ainda levamos de brinde Pedro Sá baixando Jimi Hendrix em "If Six Was 9", para encerrar com mais uma vez "Eu Sou Melhor Que Você", desta vez com Moreno também cantando. Se vai acontecer um próximo show do Mulheres Q Dizem Sim daqui a 20 anos ou mês que vem, não importa. Importa é que, sim, a noite da 30/10/2014 já faz parte da História da música no Rio de Janeiro.








Eu e o Fábio Fernandes (@donniedarko73) tiramos essas fotos marromenos aí de cima e gravamos o show praticamente completo, que pode ser visto aí embaixo ou clicando aqui.






Músicas gravadas:

Momento Macho
Cinema Francês
Eu Sou Melhor Que Você
Salsa-Punk
Cardápio
S.O.S.
Das Partes
Em Todo Lugar
Não Sabe
ET

Te Convidei Pro Samba
Fogo Fátuo
Como Vai
Espera
Xi-clete
Condição

Bis
If 6 was 9
Eu Sou Melhor Que Você

Nenhum comentário: